9.12.2011


Flor é rastro de espinho.






Sou flor, jogada no caminho, alma cor-de-rosa-clara,

 emoldurada na tela imaculada

de um jardim sem viço.

pétala oculta,

desfolhada,

perfume

frio.



 Lídia Martins

Um comentário:

Guilherme disse...

Flor jogada, espalha suas cores sem querer. Pétala oculta denuncia raíz forte, jeito ou outro. Perfume é presente pro vento, e mimo na mão de quem toca.