8.08.2010

O Grande Encontro






Arte: © Agócs Írisz





"Sobre todos aqueles que ainda continuam tentando, Deus,

derrama teu Sol mais luminoso."




aquele, o Caio.





 
 
Antes que se perdesse para sempre no infinito, em seu último sopro de esperança, ela foi procurá-lo em seu castelo para dizer que estava morrendo. Mas era de saudades. Temendo que as chamas do amor tivessem se apagado, levou nas mãos uma lamparina. "Quero falar imediatamente com o Monstro de Chocolate, essa separação não está dando certo, ele vai ter que reconsiderar!" - disse ela ao vigia da torre de controle. O vigia a fitou com um olhar de soslaio, meditando sobre o passado, presente e futuro. O fogo que vinha da lamparina esculpia uma silhueta angulosa alaranjada com preto, que lhe conferia uma semelhança inequívoca com um anzol descaído. Um lobo ereto em ofensiva sagital, perdido entre as volutas da fumaça cinza, forçando-a a alterar a sua rota no instante do arremesso. Como quem não desiste de tentar, ela, por sua vez, ignorou aquele imenso vulto montanhoso - do medo. E antes que ela lhe desse um empurrão, o portão se abriu o suficiente para delinear o perfil de ermitão do Monstro de Chocolate. Foi então que ele a levou para a sua torre aurífera. A ternura com que ele a olhou foi de comover o céu que explodiu cadenciado de estrelas, num festival de luzes que escorreram pela Via-Láctea inteira. Você está brilhando – ele disse, reconhecendo-o em seus olhos.  Ela tentava se proteger do encontro daquele olhar iluminado, mas eles a atravessaram com a fúria de um trovão e a velocidade de um raio. Fulminante. Tanto tempo sem vê-lo, sem tocá-lo, temeu que fosse apenas um vulto resplandecente que mudava de cor num esboço giratório, fazendo o mundo tremer num surto evanescente, para não dizer o coração, que, vertiginoso, dilatava dentro daquele corpo tímido que confessava amor em cada gesto.  Os golpes dopados daquela voz resvalavam da boca, subindo até o pé dos seus ouvidos, fazendo com que o silêncio viesse abaixo andar por andar nos degraus do desejo.  Estavam em transe. A boca os procurava, contando os minutos que faltavam para um beijo que se acontecesse os consumiria por inteiro. Passaram a noite no fogo das expectativas. Não queriam incendiar-se pela pressa. Suportaram as chamas com a paciência dos imortais, e a estratégia das paixões que agitam o mundo. Enterraram aqueles dias de separação num reecontro libertador. Fascinados. Despiram-se apenas com os olhos, enquanto a muralha invisível do  orgulho se desmoronava à sua volta. As chamas daquele  fogo os consumia lentamente. Não se importaram em morrer um pouco, se fosse de amor.







PS.: Senhores, rs, bem, acho que já deu pra notar que o bicho exótico de contrabando aqui, finalmente foi levado pra passear. Só que teve o seu único casaco de frio feito de refém. E ela não tem a menor ideia de como vai pagar o resgate. Sabe, gente, a Pipa já desvendou vários segredos. Dos judeus, da maçonaria e até dos anarquistas. Menos daquele coração.  A Pipa tem uma leve suspeita de que o Monstro de Chocolate está fazendo parte de uma conspiração da Confraria Secreta dos Alquimistas. Ele deu fogo líquido pra ela beber. Kabum!!! Ela explodiu. Agora tem sentimento espalhado pra tudo quanto é lado.


Tão vendo meu sorrisão ae????????????????????? rs...




Beijos com flocos de brilhantes em todos vocês.

Pra iluminar o que vem de dentro!




Pipa.

46 comentários:

ErikaH Azzevedo disse...

Coisa linda, e eu já imaginava que seria assim, algo digno de céu, um encontro entre estrelas,
Q bom que pegou fogo assim e nem precisaram ser cadentes, as duas eram num instante uma só, uma luz só, a iluminar a noite dos passantes né! E aqui de baixo ninguém sequer imaginavam o que acontecia
Que teus caminhos sigm novamente juntos e que seja um do outro a estrela que guia.

Feliz pipa minha , feliz por ti....até que enfimmmmmmmmmmmmmmmm!
pensei em fogos de artificios , mas eles seriam nada perto do brilho de vcs

Bjos

Erikah

Alvaro Vianna disse...

Superou-se.

Rafaelle Melo. disse...

Me faltam palavras. Me sobra admiração.


Você falou ao meu coração. Você falou do meu coração.

Pérola Anjos disse...

Um sorriso tão iluminado que seria capaz de iluminar o céu inteirinho, caso não houvesse estrelas.

As estrelas estão dentro de ti, eu sinto, as suas palavras reluzem!

Beijos leves, como você!

Vozes de Minha Alma disse...

Final achocolatado!
E morrer de AMOR é admirável!
Como admirável é ler teus textos que são prá lá de apaixonantes.
Deixo a ti um abraço, e um beijo em teu coração.

Cris . disse...

Despiram-se apenas com os olhos, enquanto a muralha invisível do orgulho se desmoronava à sua volta. perfeito *-*

Vi daqui o brilho do seu sorriso.
Tão bom ver a Pipa feliz.


Não paro de brilhar, por conta dos flocos :*

Beijos Doces.

Lia Araújo disse...

"A ternura com que ele a olhou foi de comover o céu que explodiu cadenciado de estrelas, num festival de luzes que escorreram pela Via-Láctea inteira."
Perfeito isso Pipa, demais!

Consigo ver seu brilho daqui!
Fico muito feliz por ti. Bem, a torre do meu monstro de chocolate é tão intransponível que nunca cheguei ao topo. ;/


Bjos querida
Semana linda pra ti

Denise disse...

Sorriso lindo,mais iluminado do q mil lamparinas!

(sou chorona,e lógico,eu que acredito em finais,meios e caminhos felizes,cai na choradeira aqui)

afagos de crente no amor e bem querer

Sil.. disse...

Pipa, tem final mais bonito, do que um amor achocolatado rs?

Eu, que acredito em finais felizes, to é aqui felizzzzzzzzzzz por você!

Eu sinto uma luz linda e clara daqui!

Um abração!

Sabiana disse...

Ai Pipa!
É Felicidade no seu estado mais puro!!!

Coisa mais linda é ter o coração tão manso e forte que consegue soprar a muralha do orgulho, fazendo-a desmoronar... pro sol do amor então brilhar!

Estou sorrindo junto ;)

Be Lins disse...

Você já desvendou mesmo os segredos dos judeus e da Maçonaria?
Eu estou na pesquisa ainda, mas sei que é tudo muito fascinante.

Fascinante feito esse seu romance com o MOnstro de CHOCOLATE, que faz da vida de vocês um romance digno de notas musicais.

A P R O V E I T E !



*

Marília Gabriela disse...

Que linda , a Pipa...

Eu já tava brava com o Monstro de Chocolate... hmmpf.. agora passou!!!!

Que ele se comporte bem!E cuide mt bem da nossa querida Pipa!

:*

Ziris disse...

Tenho as plantas dos pés pousadas em colorido acolchoado.

Recuperei minhas lentes Pipa. Tive os olhos anuviados, mas voltei aqui com ares de quem sabia que ia encontrar esperança.

Não há uma página virada que tenha sido arrancada, a história ainda não terminou. Há que se ter mais confiança no epílogo... Não temos talento para histórias falidas...

Morrer, mas que seja de amor. Me faz algum sentido...


Te beijo, te abraço...

Leo disse...

E que sorrisão, ein. Eita Pipa, como é bom vir aqui e sentir tua
felicidade, eu sabia que o monstro de chocolate ainda sabia o caminho de volta pra casa. sempre encontro fé e esperança aqui, por isso vivo nos ares!

Mas, sopra aqui no meu ouvido, os segredos dos judeus e da maçonaria.

Pipa, esqueço jamais do nosso trato de nos encontrar nos ares.
posso pegar um beijo brilhante pra mim?

Eu te beijo, te abraço
te cuido e amo-te.

::::FERNANDO PACHECO:::: disse...

hum, eu ainda não tinha lido o amor dessa maneira.......... monstro do chocolate neh! eu o conheço bem....... principalmente quando minha pirncesa ta longe ( o que? também sou chocolotra. homem também pode)




:::FER:::

Franck disse...

Seus textos, como sempre, lindos! Quero tbém beber fogo líquido, amar por alguém todo de chocolate, isso sim, é a felicidade! Bj*

Cris . disse...

Tem selinho pra vc no meu Blog.

Bjinhos.

Danny disse...

Que linda postagem

Encantador teu blog.

Estarei sempre caminhando por aqui.

Beijos na Alma

>>>Dani (O caminho das palavras)

Isadora disse...

Pipa passear por aqui é dançar com sonhos! Fico feliz que a paz esteja selada com o Monstro de Chocolate. Afinal alguém tão doce só poderia ter como recompensa o coração da Pipa.
Um beijo carinhoso

Anônimo disse...

Pipa, querida, eu sei que você é muito polida, e provavelmente não quer se chatear, mas a bonequinha aqui, além de copiar os seus textos, ainda fez questão de alterar!!!!!



http://amoreninhabakana.blogspot.com/



Você não vai fazer vista grossa pra isso vai?
Desculpa, mas tem genialidade demais no que você escrever para uma dessas amadadoras aí, sair e pegar! E o que é pior!!!


ALTERAR!!!!

H. Machado disse...

Vai devagar, dona.
Mas nem tão devagar. Um pouco de ânsia é bom.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

ola querida
obrigada pelo comentario
verdade travamos as vezes ,,mas li algumas parte de um livro " o corpo fala" nada como olhar nos olhos e com os olhos de DEUS mesmo que o assunto nao nos agrada muito .,pois ai nos da equilibrio mediante a situaçao
volte sempre ao meu blog
obrigada beijinho carinhoso

Ju Fuzetto disse...

Ai que coisa mais Linda Pipa!!

Obrigada por me emprestar suas cores...
Aqui está tudo tão bonito, que vale a pena abrir um big sorriso!!!


E morrer de amor é tão bom!!

Um beijo do tamanho do mundo!!!

Carmen, disse...

sensacional!

Gislãne disse...

amei teu blog e texto... virei seguidora... Depois vai lá no meu cantinho

Crônicas do Cotidiano disse...

Amiga Pipa...

Que dizer que você explodiu no ar... Então no céu tá cheio de papel picado. Mas se a pipa explodiu para ser GENTE melhor... Então vou ficar esperando pra saber se a pipa vai virar Srta Chocolate! Hehehe...

Bjoo na tua alma... E te deixo com saudade = )

Por que você faz poema? disse...

Pode tomar mais de uma dose,
quando quiser.

Noe* disse...

Posso escutar seu sorriso daqui!
KABUM =)

WILSON disse...

Poderoso esse Monstro não?

Ele te deu fogo líquido pra beber?!
Bom, fico imaginando que tipo de bebida foi essa. Seja lá o que for vejo que este fogo líquido devolveu vida, brilho e viço às suas palavras, porque você é o tipo que deixa as pessoas enfeitiçadas...


E esse Monstro de Chocolate também...

Concordo com a afirmação da primeira comentarista, é um encontro de estrelas.



Abraço meu Pipa.

Márcio Vandré disse...

Pipa, que o fogo do teu amor seja perene! :)
Um beijo, moça dos textos bonitos!

Nane Martins disse...

A-Do-Rei. Adorei tanto a frase como o seu despojamento 'aquele Caio". tem que se ter muita intimidade.

'Sobre todos aqueles que ainda continuam tentando, Deus,
derrama teu Sol mais luminoso."


beijso e obrigada pela visita adorável ao meu muquifo!

Felicidade Clandestina disse...

gosto dessa sua candura :)




que bom que apareceu no Reino.
beijo minha flor =}


beijo-doce-e-de-poesia.

dansesurlamerde disse...

florzinha, estou voltando.

obrigada pelo apoio-doçura.

beijo.

Juliana. disse...

Pipa, que frase aquela do Caio...hein..e seu texto perfeito, cheio de detalhes lindos..amei!
Um beijo da Ju

Thaís Duarte disse...

Coisa linda isso tudo.

beijo iluminado!

Mademoiselle disse...

Aaaaaaaaaa! Como fiquei feliz ao ver a Pipa sorrindo!!! *-*
Esse Monstro de Chocolate! Deve ter mesmo aprontado uma para a Pipa ficar assim, tão caidinha por ele!
Mas, como ela está feliz, devo dizer que foi uma coisa boa!
Tudo de bom querida! *-*
Lindo lindo, o texto.
Bjo

disse...

rsrs ameiii! e tem coisa melhor nessa vida todinha do que morrer de amor?? rsrs
ahh e o vermelho é da tentativa de por um pouco mais de cor na minha vida rsrs ela andava mto tom pastel rrs
Bjooo

dear sarah disse...

Que texto doce, suave, sensível.
Seu blog é lindo.

Já estou a seguir-te!
bjs

Denise Portes disse...

Muito lindo.
Beijo
Denise

Tatiane Lemos disse...

nossa menina esse seu blog tha muito maravilhoso*

Beijos, e ótimo findi

Grafite disse...

está tao lindo
tão perfeito! Parabéns...

beiijo,
*.*

Willyan Luemi disse...

Há afeto que é estrelar e translúcido ao mesmo tempo.
Mas paro por aqui! Este tipo de afeto não se mede com conceitos. (Talvez em Parsec)

deixa eu Quintanar para ti, por que em Milton vi, o nascimento de um canal já estabelecido:

“Na verdade, é tão bom morrer de amor. E continuar vivendo!”

Fé Fraga disse...

Pipa,
Nossa que lindo, =)

Amei:
"A ternura com que ele a olhou foi de comover o céu que explodiu cadenciado de estrelas, num festival de luzes que escorreram pela Via-Láctea inteira."

Um beijo,
Fé.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Olá querido anônimo:


Estive a ler os comentários e vi o seu. Agradeço a iniciativa, mas, decididamente não me apego a nada do que escrevo. E estou nos ares pra dizer que tudo que é meu, fica sendo de vocês. Menos os sonhos.


rs


E tenho dito:

As palavras tem asas. Deixa voar...




Te abraço com carinho.

Mulher Vã disse...

Oie!

Primeiramente gostaria de educadamente discordar do Caio. Acredito, que, Deus derrame sol de maneira uniforme pra todo mundo [não só os que continuam tentando], mas é que alguns [que realmente não tentam mesmo!!] usam guarda-sol ou até sombrinha, então, o sol não chegando aos seus cucurutos, dá a impressão de que Deus seja assim, parcial e tal.

Ahn mas vai ver o Caio nem acreditava nisso, só devia ta usando a licença poética, né?!

Ahn e então...fiquei muito pensativa com esse seu tal monstro de chocolate...po, que monstro de chocolate é esse [que mora num castelo][e é de chocolate], não ofereceu uma mísera xícara de chocolate quente e uma barrinha sequer, até a Fera com toda sua feiura [redundancia à parte], era mais educada. Hehehehe

Se bem que..hm...no final, [da a entender] ela deitou e rolou com ele [?], deve ter tirado uma boa casquinha já que ele era de chocolate!!! O_o

Monstro+chocolate, achei isso fascinante. Tenho uma opinião meio torta, que nem cabe aqui, corro o risco de ser mal interpretada. Mas enfim, talvez proseamos sobre isso algum dia.

Rá, mas achei a cena da ternura explodindo em estrelas um exagero de efeitos especiais. Mas foi bonito de ver!

E esse monstro, no final das contas, virou um bolo gratinado com morango neam?

beijo pra voce.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Sim.

Foi culpa do efeito

Ex-trufa.


Rs...