Header

Header

6.10.2010

Vai passar




© Agócs Írisz


 
 
"Come chocolates pequena suja, come!

Quisera eu comer chocolates

com a mesma verdade

com que comes."





Fernando Pessoa, Tabacaria.






Escorados apenas na ponta das pálpebras, que vergam como folhas de junquilho. Meus olhos estão se pondo. Apoiei-me  nas costas do tempo, como se pudesse aparar a neve que me cobre as feições. Não sinto mais frio. Afrouxo os nós, desamarro os cadarços, fico descalça.  Preciso serenar, assoprando ao vento os meus porquês. Por que não ouve o meu silêncio, se dentro de você ele faz um escândalo em voz baixa? E você continua andando pelos campos de concentração emocional, como se não estivesse me escutando. Heróis de verdade, não deixam feridos para trás. Eu não pretendo ficar muda, mas essa distância faz de nós, estátuas de cinza. Nossos pés carregam passos de despedida, mas deixam um rastro rubro na memória, arrastando todas as lembranças que encontra pelo caminho. Superioridade. Separação. Segredo.  Somos assim. Corações anoitecidos só com o gosto de sonho na boca.  Sustentados apenas por vasos rijos serrilhados em forquilhas. E antes que anoiteça, eu não vou passar, mas você vai. E vou acompanhá-lo até que eu não encontre em você nenhuma magia. Me entrego aos caminhos e me confundo com o vento. Deixo voar os pontos finais, cedendo lugar às reticências. Nunca me dei bem com definitividades. A maneira como suportamos o vazio é o que determina se merecemos que ele se encha.



Pipa

22 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Talvez o teu silêncio grite mais alto soprado no vento....


Lindoooooooooooooo

Alvaro Vianna disse...

E o que diz de quando não suportamos o vazio de modo algum?

Ziris disse...

Se é com verdade que devoras então deixa lambuzar...

Pois enquanto houver magia, há de aquele barbante prender ao pulso do menino um balão cheio de sonhos...

E nunca existirão definitividades enquanto o olhar for cumprido...

Te jogo no ar.

Um beijo

Winny Trindade disse...

Não sei porque, mas me gostei muito disso:"Heróis de verdade, não deixam feridos para trás."
Acho que é porque me identifiquei muito com o seu texto, e essa frase, então, bem mais. Isso me traz lembranças.

Beijo

D i c a disse...

Antes do final vem o desencanto, e antes que ele chegue, não custa viver intensamente o que tem pra viver. E tudo se recria, até os sentimentos.

Lindo isso aqui.
Talvez você nem quisesse que eu tivesse chegado a essa conclusão, mas seu texto dá asas a qualquer imaginação.. ter diferentes interpretações.

beijo!

ErikaH Azzevedo disse...

É assim que gosto de ver a menina, seguindo em reticencias , esses tres pontinhos que te levam sempre a um aventurar-se sem medo....né!

Tão bonito teu segredos menina, e que bom que nos conta, que bom que nos conta...

Se passo aqui é na certeza que vou lavar meu olhar com o soro das "emotividades", daqui sempre saio de olhos limpos e molhados.

Fertilizas o coração de quem te lê menina....

Bjo , força e vontade de seguir sempre...

Te abraço forte.

Erikah

Be Lins disse...

Vai Passar,
Vai passar,

é quase um mantra, né?...

Repito isso todo o santo dia.


Maravilhoso texto,
um dos mais lindos que já li aqui.


Beijo.


*

Be Lins disse...

Já disse que sou fã dos seus escritos?


*

Endim Mawess disse...

PARABENS TERMINOU COM CLASSE, A PARTE MAIS DIFICIL DE UMA POESIA E O ULTIMO PARAGRAFO

Leo disse...

Pois eu concordo com tudo que a Bê disse. um dos mais lindos mesmo.

eu to vendo força e vejo que já está em processo de passar!

Te deixo beijos, daqueles de por debaixo do travesseiro.

Sara disse...

Que lindo Pipa, forte e suave...
o vento é indefinido, e Pipa voa misturada a ele...entrega-te as mudanças, as coisas podem ficar perfeitas quando virarem passado, e nossos corações se enchem de sorrisos...beijos

Salve Jorge disse...

Escorados como espera
Emperra
Pondo
Ponto
Podia ser ponte
Ou porquês
Um, dois ou três
Ou seis
Ou repetir tudo mais uma vez
Viés
Se estão assim os pés
Despedidas podem ser a pedida
Que não há história
Sem memória
Nem derrota ou vitória
De todo desmedida
Aos filhos da noite
Um brinde
Antes que tudo finde
Paciência
Com as reticências
Que do vazio do abismo
Se houver lirismo
Resta a vertigem da queda...

vanessa leonardi disse...

.

Se não soubesse que eras uma menina-pipa-brincalhona de palavras e sentimentos, poderia sentar do teu lado como duas velhas bruxas boas, dessas que vivem em florestas encantadas cuidando de animais doentes. Morando dentro de árvores e contando aos viajantes histórias de moças guerreiras que fomos... São histórias, Pipa, histórias que a gente vai levar sempre. Mais ou menos encantadas. E histórias encantadas nunca têm fim... Mas não deixo meu vazio sem sorriso, nunca, nunquinha. Me entrego ao vento e sinto como é bom voar... Vem? Aqui no ar, pelo menos é mais ventilado

te beijo, dona sonhadora


=)


.

Bernardo disse...

Vocês ein!! Poxa! Bonito de ver. Catei um pouco da esperança e saí de fininho. Não pude evitar, é o dia... rs Vi vc lá na Zi. E vcs voam juntas pelo que me parece, asa com asa.

Se a gente não fizesse isso, de acompanhar até não encontrar nenhuma magia, choveria por cima dia e noite. E se sempre há magia mesmo que escondida por mãos assustadas então deixa estar...

Gostei muito do que li, ainda volto.

Desejo que encontre seu tesouro.

Abraço

Felicidade Clandestina disse...

presente na manhã de domingo. que lindo.


um beijo querida.

Flávia Diniz. disse...

Que lindo. x)

Um ótimo domingo
Beijos

Cáh Morandi disse...

Vim agradecer o comentário e fiquei encantada com o blog e seu conteúdo. Volto para ler TUDO!

Willyan Luemi disse...

São lindos os seus textos!
Esse espaço é inspirador...

Mas acredito que dentro de nosso vazio, está a essencia de nosso pensamento. É de dentro desta faca de dois gumes, que se encontra, a nossa maquina de construir sonhos!

Um beijo na alma!

Barbara Salvan disse...

Adorei o post... estou seguindo o blog!

Dijah disse...

.. e os olhos de Dija se encheram do que parecia lagrímas

está lindo Pipa ... como sempre está lindo

Annanda Galvão disse...

Lindo lindo seu blog!
Li vários posts!
Vou linkar no meu!
beijos e parabéns!

Deyse disse...

Adorei seu blog. Conheci pela Lia Araújo, que postou texto seu no canto dela Amar-te-ei até ao tédio! ...

E aqui estou eu, seguindo ;)


Beijo