6.08.2010

Por água abaixo






© Agócs Írisz






"Vamos voltar pra casa, Bento Porfírio? Já, já.

É só  o tempinho d'eu pegar aquele

dourado dançante que prancheou

ali agorinha mesmo."



ele, o Guimarães Rosa






Cartas de amor, serenatas, flores e arrependimento.  Dessa eu ri escondido. E agora que eu bebi, eu posso falar. Para quem não sabe, a Pipa foi namorada de brinquedo do Monstro de Chocolate. Semana passada foi ter com ele.  Primeiro, a Pipa fez medo no coitado, pedindo pra ele voltar. E depois, com a graça de Deus, ele recolheu a raiva e veio falar com ela. Mas antes, tem uma coisa que vocês precisam saber. Ele é bom em tudo. Menos pra mentir. Olhem só: “Eu não fui o meu melhor com você, Pipa. Estou me reconstruindo. Sinto-me um maratonista que há pouco ouviu o tiro de largada." A Pipa como sempre dando um jeito, respondeu: Então faz assim, Monstro de chocolate, toma a carta com a chave pra você. E faça o favor de bater na porta quando decidir voltar pra casa. Ele respondeu: "Não posso Pipa, não consigo, verdade, não foi tão simples assim. Pois já me machuquei feio quando andei por lá as escondidas. Será que tudo não irá se repetir e depois virar raiva, rancor outra vez?" A Pipa relutando: Monstro meu fi, a gente não estudou na mesma escola, mas não é bobo não! O Monstro amedrontando: "Seguir depois de ter sido atropelado, é muito difícil. E seguir depois de ter batido, também. Se existe consciência  Pipa, a culpa vem logo atrás. Tenho para comigo que crescer e sofrer são dois lados da mesma moeda. Não é difícil se acovardar diante de tanto sofrimento." A famosa pergunta do casal apaixonado, primeiro pela Pipa: Você me ama? O Monstro de Chocolate respondeu: Quero-te bem. A Pipa: E o que mais? O Monstro riu e indagou: Qual é o gosto de apontar um 38 na cara de um sujeito? Poder?" A Pipa respondeu: Não. É só pra entortar o cano. Ele finalizando: "Penso que tivemos a nossa história." A Pipa resumindo: Isso é tudo? Me liberte se for! O Monstro apaziguando: "Só se você prometer que não vai matar o Monstro de Chocolate e nem torná-lo algo ruim?" Hum...sei. E desde quando quem quer enterrar um amor, vai pedir pra que ele não morra? Mas,  ele disse que a queria sonhadora, bela,  inteira e sobretudo "livre". De algum modo ela não entendeu. E foi assim que a Pipa começou a planejar como ela iria esquecê-lo. O destino, por sugestão, lhe ofereceu a Liberdade. Caminho primeiro de todos os abandonados. Ela parou de se esconder pelos cantos da casa e desejar que ele voltasse. Queria saber que tipo de mundo se estenderia fora das grades daquela  prisão em que ela se colocou, desde que ele tirou a camisa  e mostrou as costas pra ela. Ora essa, se ele pediu para não esquecê-lo é porque ele também gosta dela.  E depois, se ela for embora, com quem é que ele vai ficar? Ninguém vai querer um funga-funga preguento daquele. A Pipa não é boba, ela sabe que ele gosta dela. Se ele foi por esse lado, tudo bem. Mas ela é inteligente, e não é do tipo que perde o peixe e deixa ele escapulir por água abaixo. E o que eu vou dizer agora, não contem a ninguém.  Ela tá esperando ele  em cima da tábua com um martelo na mão. É na mira dela que esse infeliz vai virar prego. E depois,  pra tudo dá-se um jeito. Afinal, prego tem como desentortar.




Pipa.



A ilustração é da artista Irisz Agocs.

26 comentários:

Winny Trindade disse...

"É na minha mira que esse infeliz vai virar prego."

Pipa, querida, eu adorei isso. Estou para fazer o mesmo que você. Fabuloso mesmo é poder ser livre para escolher aquilo que sentimos que seja melhor para nós.

Abraço carinhoso meu

Serena-Cris disse...

Belezura que só!

Ocê é mestra das palavras, Pipa, e sabe direitinho o que se passa dentro da gente. Tem bola de cristal, mas é pelo olho que ocê vê.

Rainha, mais uma vez!

*

Ziris disse...

Meus olhos estavam mortos de fome. Tanta, que te li com muita pressa, de alma roncando... Tanto, que algumas letras escorreram pela minha boca frouxa e foram cair no meu colo. Segurei-as num tapa desesperado. Pra que elas não desistissem de subir de volta pra dentro. Afinal, ninguém aqui quer de verdade desistir. NINGUÉM.

É um tal de um "acabou" gago, embargado e até sem som...

Pipa ocê é doutora, me cobra caro não... O serviço é tbm pra ti. Que tal pedirmos o fechamento daquela loja de utensílios sem valor? Motivo: venda indiscriminada de armaduras.

Te faço uma visita pra tratarmos.

Um beijo

Isadora disse...

Pipa que delícia o seu texto. Adorei
"E desde quando quem quer enterrar um amor, vai pedir pra que ele não morra?"
E desde quando mesmo!
Um beijo

ErikaH Azzevedo disse...

Pipa ... estive no teu orkut agora , pq ouvi uma musica e lembrei de imediato de ti, não tinha lido este post, juro-te que não e respondi ele lá no teu perfil sem nem saber que o respondia. Te senti de long, de longe minha menina...olha lá, olha lá , que vais bem entender o que te disse aqui.

Agarras a minha mão
com a tua mão
e prendes-me a dizer
que me estás a salvar.
De quê?
De viver o perigo.
De quê?
De rasgar o peito.
Com o quê?
De morrer,
mas de que?
paixão?

De quê?
Se o que mata mais é não ver
o que a noite esconde
e não ter
nem sentir
o vento ardente
a soprar o coração...


te abraço..me abraças, e o mundo quase que parece acabar nesse instante

Erikah

sunshine disse...

as vezes é dificil até pra Pipa andar sobre espinhos e não se machucar.

paz e um beijo de sonhos coloridos pra você.

Sarah Slowaska disse...

Ah que delicadeza!
Lindo post! Adorei as tuas imagens: as ilustrativas e as que criaste!

:*
Beijinhos e obrigada pela visita!

dansesurlamerde disse...

ah, o monstro de chocolate que seja roído pelas baratas, ora bolas! eu costuro um monstro bem bacaninha pra ti, daqueles bons de abraçar na hora de dormir.

beijo, flor.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Não criança sonho.

Pode não.

O Monstro de Chocolate é docinho.
Já sei. A pipa vai por ele num potinho de vidro com uma fitinha azul, que é a cor que ele gosta. E vai tampar bem direitinho pra não juntar formiga.

rs

Um outro beijinho no seu coração.

Maria Fernanda Probst disse...

Lembrei de uma frase, acho que de desenho animado, bem idiota: Adios, mutchatcho!

:* Pipa.

Noe* disse...

Pipa, bela...
Monstro de chocolate ou desentorta igual o prego ou derrete de vez!

Alvaro Vianna disse...

Nem virando bola consigo chegar perto da Pipa. Dependo de ser chutado. E até que chutam bastante. Mas torto.
Estas tuas alturas são pra poucos.

Abraço de tatu-bola, então.

Leo disse...

Pipa realmente é mestre das palavras. que magnífico.

A Pipa é moça de fé e esperança,
eu volto aquela frase pra ti:
"Que Deus conserve este gosto de sonho na boca".

O monstro chocolate anda meio-amargo, né? derrete em banho maria e coloca creme de leite, mexe e mexe.


Beijos com gosto de sonho e açucar de confeiteiro.

Vozes de Minha Alma disse...

Afinal, os pregos são feitos para desentortarem.
Um abraço a ti Pipa, e parabéns pelo conto envovente.

Ellen Azevedo disse...

Ah que maravilha de textinho.
Parece historinha de conto de fadas pra adulto.
Adoro seu jeito de escrever, adoro seus comentários, adoro você!

Beeijos coloridos ;)

Alex Wildner disse...

Agora eu era um rei, era herói era também juiz...
Já te linkei no meu. Há tempos não escrevo sentimento, assim, sentimento desse sabor aí do seu, nem sei dizer doce nem salgado que não é. Sei que não foi agora que escrevi, deve fazer tempo, deve sim, vou olhar lá atrás no meu vamosnessa pra saber se faz.
Já te falei que te linkei no meu?
Abraço grande, do tamanho dessas formigas todas aí que andam tentando abrir o pote de doce!

Escritora por acaso! disse...

Adoreeei!

To sewguindo.. Poderia seguir o meu tbm ?!?!

Beijoos

Pâmela Grassi disse...

Liberdade,
amanhecer da manhã,
com insônia vivemos para acordá-la

parabéns pelas palavras e blog,
adorei,

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

ola pipa lindo o texto
obrigada pelo carinhoAdoreeei!

To seguindo vc.. se quiser me seguir sera muito bom ?!?!

bjim no seu coraçao

Ju Fuzetto disse...

Pipa!!!

Que coisa mais linda este texto!!

Ah esse monstro de chocolate, bancando o fondue...

Obrigada pelo teu carinho lá no meu cantinho viu!!

Vc é uma fofa!!

beijos

Mima disse...

Esse monstro de chocolate..

Ele me confunde num sabe?

Fico pensando uma hora ele é herói, outra hora ele é vilão.

Mas uma coisa não dá pra confundir:
A Pipa voa por ele.

Se o voô valer a pena Pipa, vai com tudo.

Estamos na torcida.

P.S: Acho que esse monstro é de chocolate meio amargo.

Pollycléssio Mota Sá disse...

Pensei que belas mulheres não sofriam por amor. Achava que se garantiam em sua beleza para isso.

Mesmo assim acho que estou vendo o fim de uma dor...

A pipa está querendo alçar vôos ainda mais altos...

Romper o barbante...

Fuuuuuu!!!

O vento sopra fulgurante.

Voe!!!

Acredite!!!

Lute!!!

Bj

Mota o Filopatia

Márcio Vandré disse...

Pipa, como são sinceros teus versos.
O monstro das desculpas se esconde nas sombras do inimaginável.
E quando menos esperamos, na ausência de luz, ele nos pisa e corre deixando o seu rastro de lama.

Um beijo!

Endim Mawess disse...

ACHO QUE CONHEÇO UMA PIPA IGUALZINHA ESSA DA HISTÓRIA SINCRÁTICA

Ju disse...

Ah Pipa, o seu monstro é de chocolate. Isso significa que ele tb é doce. O meu não. O meu desconfio que é monstro de pimenta. E eu gosto muito de pimenta. Mas é uma pimenta tao forte tao forte, que da ultima vez me queimou tao profundamente a lingua que ate agora não consegui escollher com um beijo outro Monstro/Sapo/Principe. E arde. E doi.
Por isso te desejo toda sorte e colorido do céu. Porque vc merece um voo muito doce.

Sylvia Araujo disse...

Ah que delícia! Até em causo sofrido a danada faz a gente daqui lamber os beiços.

Coisa linda de ler, esse teu coração.

Beijoca