Header

Header

6.02.2010

Se eu quiser falar com Deus









"Se eu quiser falar com Deus, tenho que ficar a sós. 

Tenho que apagar a luz,

tenho que calar

a voz."



 

aquele, o Gilberto Gil.






E você Deus, não vai dizer nada? Como ele era transparente demorei a entender que ele vivia numa espécie de caixão sem portas, que alguns chamam de céu. Retiro-lhe o véu da consciência e o toco para ver se ele reage. Ao menos você, fale comigo Deus. Quero acreditar que em seu infinito silêncio haverá alguma resposta. Tenho engarrafado aviões com vôos metafóricos na tentativa de encontrar uma pista de pouso na vida real. Amanheci velha. Não caibo mais nas minhas roupas de Super-herói.  Levante-me do chão. Está caindo a temperatura aqui na terra. As palavras se congelaram em meus lábios, antes que eu pudesse pedir para que você ficasse. Faz tanto frio aqui dentro que não sinto mais as extremidades do corpo. O que vai acontecer quando eu não me lembrar de mais nada? Sem perceber o que fazia, aproximei-me dele e estendi minhas mãos até estar perto o suficiente para poder tocá-lo. Não consegui. Estou petrificada. Olhe nos meus olhos, Pai. Passa um filme de nós aqui dentro. Por mais que eu me esforce só consigo lembrar de mim ainda criança. Eu não posso te ver, mas sinto a tua presença neste momento. Prometa Pai, que se eu não desistir de mim agora, o Senhor vai me aquecer. Vai derreter esta neve e transformá-la em um lago que nós dois nunca brincamos. Pode ser que o sol apareça amanhã de manhã e nos encontremos para aquele passeio de barco. Desta vez, ancoraremos num porto seguro. Minha canoa sempre esteve furada. Ainda assim eu seguro firme no leme. Porque que no barco da esperança, o que vai contar é a força com que se  puxa o remo da fé.



Pipa. In.: A moça do lago.


(Ilustração do artista Raymond Peynet)

27 comentários:

LUZIA disse...

"Ainda sim eu seguro firme no leme. Porque que no barco da esperança, o que vai contar é a força com que se puxa o remo da fé."


Que lindo texto, me encheu de esperanças e fé por dias melhores que sei que virão...

Um lindo feriado =)
Um grande abraço.

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Que lindo texto,amei seu blog
de uma visitinha no meu
abraço

Ziris disse...

Três poemas que me roubaram

Lá pelas tantas menos um quarto eu suspirei num poema "Vontade de escrever Sagesse de Verlaine..." Mas o que eu tenho vontade mesmo é de haver escrito A pedra no meio do caminho, a Balada & Canha, a Estrela da manhã, se - Ó musa infiel, não te houvessem possuído antes Carlos, Augusto e Manoel.

Mario Quintana

Quando li esse seu poema não pude pensar em outra coisa. Que o que queria mesmo era de haver escrito "Se eu quiser falar com Deus". Ó musa infiel, não te houvesse possuído antes Pipa a que sabe rezar.

Arrancou-me um Amém do fundo da minha alma.

Te abençôo. Me abençoa.

Ellen Azevedo disse...

O silêncio de Deus nos diz tanta coisa, não é verdade?

Thαlitα :) disse...

Já dizia uma linda canção:
''Aponta pra fé e rema'' Los Hermanos

Falar de Deus é sempre muito bonito,e ao falar dele inevitavelmente citamos coisas indispensáveis na nossa vida:esperança,amor,fé.
Lindo texto!

Bj!
Thalita

Serena-Cris disse...

.

Te Benzo.
Te curo.
Te saro.

um beijo na testa, que
nem criança quando se põe
pra dormir!

*

Alvaro Vianna disse...

Ficou ainda mais lindo.

céu e saudade disse...

vou te dizer, minha cara, que não senti nada. meus olhos escorregaram pelo seu texto de uma forma tão sutil que foi quase imperceptível. quando me dei conta, estava no ar com você, com a pipa, com os pássaros e como os pássaros. me tornei um. voei tão longe, tão longe que fui pra lá do sentir, pra lá do imaginar: eu vivenciei. e saiba que, digo com alegria nos olhos, tô te sorrindo daqui. o vento tá me batendo no rosto nesse voo e eu nem mais tenho medo de altura.
obrigado, de coração, por ter me feito tão alto que já nem me alcanço mais.

F; o novo admirador.

Noe* disse...

Seus textos são tão fáceis de ler!
Adoooro =)
Bjs =*

Leo disse...

Lindo, Pipa. me vi neste texto.
eu to aqui, segurando firme o remo, o porto seguro deve estar logo ali na frente.

Mas eu acho que é assim que Ele fala, no silêncio. O silêncio pode dizer muito às vezes.

Um beijãoe um Abração!

renata carneiro disse...

"mas é preciso ter força, é preciso ter raça e preciso ter sonho, sempre..."

é preciso ter fé, sempre.

um beijo, flor.

Marí disse...

"...Prometa Pai, que se eu não desistir de mim agora, o Senhor vai me aquecer."


Que texto lindo,
Que conversa simples, clara ^^



Um beijo
Pipa, querida ;*

garoto cientista disse...

Olá, muito grato pela visita e comentário, amei, amei também seu blog, e tomai a liberdade de adiciona-lo em minha lista. Beijos.

"Miмα disse...

Segura o remo da fé.
O norte tá lá. Ainda que a gente não veja e Deus não fala.
Eles estão lá.
Nos olhando. Velando. Cuidando, mesmo que a gente não ache.

Te entendo. Me entendes. Sinto o mesmo que você.
Mas sei também que ele está lá. E está aqui também em cada coisa bonita. Em cada mágica, encantamentos e beleza que vemos.

Força, fé. Fé em Deus.
A fé não costuma falhar!

Beijo

serpai disse...

Olá...!

Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

Obrigado pela tua presença...!

Cumprimentos,

SERGIO.

CeliaAlma disse...

Lindo.
...

Vozes de Minha Alma disse...

Pipa, muito legal teu blog, viu?
amei ainda mais a DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS SONHADORES!!
E como diria alguém: IUPIIIIIIII!!!!!!!!
Agora é que vou extravasar,
num sonho embarcar,
ir para um outro planeta
nas asas da imaginação!!!
Falar em The Smiths, gosto das canções do Morrissey...
Um abraço, bjs, e, posso te seguir?

Thαlitα :) disse...

Olá,tem selinho no meu blog pra vc.

Bj!

Thaís Duarte disse...

Sem fé a gente não é nada (:
Me lembra aquela música do Vander Lee "meu amor deixa eu chorar até cansar, me leve pra qualquer lugar aonde Deus possa me ouvir"
Tudo aqui é muito lindo, parabéns!
Ah e adoro essa música do Gil,
beijos =]

Isadora disse...

Introdução belíssima. E texto melhor ainda.
Um beijo

Be Lins disse...

Lídia,
creio que o entendimento acontece na identidade das intenções, e das experiências vividas. Ou sonhadas. Idealizadas.
Somos umas meninas de temperamento especial, somos dadas a intensidades, desejo de histórias, atemporais.
Ter você por perto, para mim também é um imenso conforto.

Agora eu canto:

"Andar com fé eu vou,
que a fé não costuma falhar."

[e se parece que falha às vezes, é só impressão, mais a frente a gente descobre as razões.]


*

Amanda Arrais disse...

Adorei o texto e achei o blog lindo. Gostei muito dos textos abaixo também.

Parabéns! :D

Mateus Araujo disse...

Sabe.. A minha maneira de falar com Deus é tocando violão, ao invés de calar-me, grito com os dedos.
Falar com Deus é essencial não?
Ele tem um enorme Titanic pra gente, só que não afunda HSUASHAUS
Abraçãoo *___*

J. disse...

Pipa, quanta delicadeza na sua carta-prece. Quantas imagens bonitas e cheias de vida e dessa fé da qual você fala e a qual eu não conheço. Bonito seu espaço, muito.

Um beijo.

Suelen Braga disse...

Pipa, como sempre...lindo demais, me emocionei...

beijo bem grande =*

Pollycléssio Mota Sá disse...

Não consigo entender porque os homens falam tanto das nuvens, se elas ficam juntas no fim do horizonte e me impedem de ver o sol se por... se eu posso vê-las mas não posso tocá-las... não consigo entender... Não consigo entender muito menos porque não se fala tanto assim do vento... ele é melhor de falar... porque não o vejo mas sinto ele me tocar... um sopro de vida... que aquece... que me faz viver... eu amo o vento... e digo mais, Deus é como se fosse o vento, não o vemos, mas se tivermos coragem, podemos sentí-lo...
bj filopatia

Paty disse...

amei :)

ahh e a frse lah do fim do blog, nunk tinha reparado nela... eu axo q eu escrevo p/ esquecer(de alguma forma) rsrsrs...bjs