5.29.2010

Santo Forte








“Não mexe comigo que ponho seu nome lá no meu terreiro.

Eu sou macumbeiro lelê, eu sou macumbeiro lelê.”



Voz: Raimundo José
Autoria: Cláudio Fontana




Jogar os búzios e ver o Odu. E em cima da resposta, fazer um Ebó. Anotei. Tem gente que faz qualquer coisa para ser amado. A Pipa está tentando de tudo. Foi atrás do Soberano Alalu. No mito hurrita-hitita, o deus soberano era ele. Uma belezura de moço, que se faz acompanhar da batida agradável de seu poderoso cajado. Na boca, um cachimbo apagado. Para ser um profeta, bastava que tivesse barba. Olhar de soslaio, o dele. Era um olhar que eu conhecia bem. Sentei-me na frente dele, e não fiz nenhum esforço para fingir. Posso não ter a menor ideia do que eu estava fazendo, mas sabia exatamente o que eu estava sentindo. Daí eu disse, com a cabeça abaixada: É mal é de amor. Tem uma nevasca aqui dentro. Já estou fazendo bonecos com os flocos da neve. Contei tudo a ele. Fui falando, falando, falando. Daí ele foi escutando, escutando, escutando. Bom, ele foi gentil e pediu que eu resumisse: - "Pipa, eu tenho mais de cem pra atender." Não foi preciso que ele dissesse muito. Franzi o cenho com semblante pessimista e reparei na expressão esquisita: "Vou te fazer um encantamento Pipa, agora esse Monstro de Chocolate aí você entrega pra Deus, porque no seu caso, só ele pra te ajudar”. Entreguei. Tenho fé que ele volta, meu Santo é forte. No centro que eu fui, o terreiro é de estrelas. Foi só ele bater o cajado pra eu me encorajar a pegar a estrada que me leva à infinita ponte de mim. Aquela, do amor próprio. A Pipa tá só o bambu. Carregando um saco cheinho de paciência nas costas. Enquanto ele não vem eu fico aqui assoviando meu samba: “Não mexe comigo que ponho seu nome lá no meu terreiro, eu sou macumbeiro, lerê, eu sou macumbeiro, lerê”. O mundo está cheio de música. Talvez seja medo do silêncio.



Pipa. A que.

17 comentários:

Be Lins disse...

Sabe oque é mais bacana no que você escreve?
É que, mesmo com a evidência desse tal mal de amor que dizes sofrer, parece, ao mesmo tempo, que tu te divertes com isso tudo, sabe?
Algo como se você e o seu amado de chocolate, tivessem decidido no céu, jogar duro aqui na terra, só pra variar.

Vai saber...

Adoro tuas letras.


Beijo

Bia Carvalho disse...

Medo do silêncio.
Pode ser.

Tua escrita tem sintonia bonita, mesmo quando tens tudo em preto e branco, consegues criar um belo arco-iris.
e isso é tão bonito!

Paz.

Pollycléssio Mota Sá disse...

O velho macumbeiro disse-lhe uma vez: "Acreditar é não perder a esperança."

Graças a Deus que ela está só o bambu...

Como dizia o bom Pascal: "O homem é um caniço pensante"...

É frágil como um caniço, mas ele pensa...

E como pensa...

Continue voando, o vento sopra intensamente...

Serena-Cris disse...

.

Eita, Dona Pipa!

Teus textos têm toda a inocência de uma criança, mas de uma grandeza só!

te abraço, hermana,
por todo o sempre. Amém.

.

Alvaro Vianna disse...

Só pessoas de talento conseguem contar ricamente por alegorias as agruras da vida.

Texto raro. Parabéns!

Beijo

H. Machado disse...

Talvez.

Noe* disse...

Você me dá um pouquinho da sua paciência?
Tô precisando!
Isso aí =) Que não mexam com você.
Um beijo =*

marjoriebier disse...

Que delícia de espaço, Pipa... não disse que o dia estava me reservando boas surpresas???

Vou me demorar por aqui... e o link vai lá pro meu céu.

Beijo

Leo disse...

Pipa!
tu me surpreendes, fico fascinado
com a maneira que escreves, usando das alegorias e metáforas de um jeito único e especial.
talvez a gente pode aproveitar a neve pra fazer anjinhos deitados no chão, daí quem sabe ele vive e nos ajude. :)
enquanto isso, guarde a paciência e a fé, porque é o que eu guardo também.

Lindo lindo, Pipa.
beijos doces

serpai disse...

Olá!

Que lindo o blog e a forma como escreves...
O uso de metáforas enriquece muito os textos.
Adorei.

Oxalá, se visitas o meu blog, te agrade tanto como me agradou o teu.

Além do espanhol, também se escreve em português.

Sergio (Argentina).

Márcio Vandré disse...

O Brasil e suas crenças.
Com as crenças, o medo.
Com o medo, o invisível que nos cega, mesmo sem luz.
Um beijo, Pipa.
Obrigado pelas palavras doces no blog!

dansesurlamerde disse...

eu descobri que sou filha de Bará com Iansã, e escrava de Iemanjá.

mas parece que não vou ter muita sorte no amor.

beijo, menina.

Ziris disse...

Chamada dos Santos Africanos - Cordel do fogo encantado

Quando a flor tava dormindo
Vento fogo corredor
É a bença prometida
Pra quem é merecedor
Pai Tomás levanta a cuia
Com incenso de fulô
Preta velha atiça o fogo
Que o trabalho começou
Vem arriar nesta casa...

...~...

Pipa é merecedora. Sonha forte como ninguém. Faz tanta força que o sonho vira desejo. E desejo minha gente, com esse ninguém pode!

Que os Orixás te protejam, que Deus a abençoe e os anjos que te carreguem!

P.S.: eu sabia que vc me seguiria pra onde eu fosse. Divido com vc a fatia mais generosa desse bolo. E esse novo casebre é mais claro e aconchegante. Traz seu avental. Te espero sempre. É vida nova pra mim...

Te sigo. Me segues

Salve Jorge disse...

Santo forte
Que pelo teu porte
Cura qualquer corte
E se só não há remédio pra morte
A música é pra vencer o tédio
Fazer dançar todo o prédio
E com sorte
Capaz que o direito entorte
E que seu peito
Dê logo um jeito
De receber o amor e o respeito
Que você tanto merece...

Leet w. disse...

Me apaixonei pelo teu blog. Pelos teus textos. MUITO lindo mesmo *--*
Vou te seguir :*





Olha o meu se quiser rs http://wellitscool.blogspot.com

ErikaH Azzevedo disse...

Até parece que esse post foi feito por uma menina baiana e dessas coisas a fatdream bem sabe...ela é de lá, dessa terra maravilhosa onde todos os sonhos fazem a curva antes de nos encontrar.

lembraste-me outra musica.

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem

Tu és mesmo uma menina cheia de fé e apela pra todos os santos, encantos e axé...teu santo é mesmo forte e oxalá há de te ajudar, abrirá teus caminhos...fechando as portas que te abrem a dor.


Axé querida...muito axé!

Erikah

ErikaH Azzevedo disse...

Lí...comentei esse mesmo texto lá no cultural.com tb viu! Passa lá, falta só aceitarem lá.

Bjinhos

Erikah