Header

Header

5.03.2010

Que cano pode com uma flor?




© Agócs Írisz




"Eu não aguento gente, é tanta doçura que vem dos ares,

que ficar sem respirar é muita manha


 frente à tanto ar azul!"


Aquela, a Ziris



“Era dia mas parecia noite. Eu mal podia vislumbrar a Pipa que planava faceira, bem além de sua própria dor, no céu de amarguras que eu via. Tantas letras embaralhadas pela minha visão molhada! Era frio de endurecer os dedos. As palavras escreviam-se tortas. Do lado de lá do céu, também. Escritas em lastimado vermelho. Um fundo cinza, só cinza! Uma corrida num bosque de morangos, pra clarear as idéias e … Boom, uma Maga velhinha que nunca mostrou o rosto, colocou-nos a trombar em ternuras! E um frio… Foi lá que Pipa e eu, prozeamos por horas, usando as sobras de lã esquecidas no cesto, pra tecer casacos mais coloridos. A Maga velhinha, continua mandando mensagens, embora a gente ainda não conheça seu rosto. Mas ele deve se parecer com fé! E é, nas carquejas amargas a gente se curou. Agora plantamos erva-doce no canteiro. E ferve dia e noite, levantando nuvens de aroma, pra atrair o amor, mais duas velas acesas, uma lá outra aqui. Enquanto o amor não vem, a gente treina o nosso assovio, Volare tá quase perfeita! “ Sozinha, sozinha a gente nunca tá, não acredito!"


Do blog : http://bemdelevenaalma.wordpress.com/

Outro presente da criança sonho. Que nem o anjo de asas degradê. Ele está comigo até hoje Ziris. E amanhã depois da chuva, te espero pro chá de estrelas. Pra gente ficar invísvel. Assim os dias de tristeza não vão nos achar.
 
 
Te encontro. Me encontras.
 
 
Pipa. A que te adora.

3 comentários:

Ziris disse...

É um chá poderoso né?
Desses, receita de vó. Composto de curandeira. Encantamento de bruxa boa, caldeirão de bondades. Pitadas e pitadas de amizade,confiança e fé! Fé, Pipa, dessas que a gente sabe que guardou num baúzinho dourado, pra usar nas horas ásperas. É tomar que sara! E sobra pra todo mundo que vir, de tanto que se usa, transborda! E o que vir a gente transforma...


Te transformo. Me transformas.

"Miмα disse...

É sempre uma lindeza sem fim testemunhar esses encontros.

A gente sai assim, tão feliz. Do nada.


Beeeeiijo.

Leo disse...

Ah um chá de estrelas, que divino!
pode por uma pitada de cometa? é que eu tenho um amigo que viaja de carona nos cometas.

Mas, ficas invisível só pras tristezas, não é? pois, eu olho pro céu só pra te ver.

um beijo e duas estrelas.