5.05.2010

Das sobranças

© Agócs Írisz






A Pipa anda penada, coitada. Agora deu pra entrar no movimento dos Sem-Céu. Tá morando num barraco na superfície da lua.  Vive desencaminhando os cometas. Achou boa essa idéia de mudar pra longe. É  que quem se afasta quer ser buscado, gente.  Agora ela só reza e trabalha. Chegou a ensinar São Jorge a plantar mato na roça, tratar das galinhas, quarar roupa no varal, torrar farinha na pedra, varrer o terreiro. Mas garantiu que o segredo mesmo,  é aguar a hortinha. 



E tá crescidinha já.

Um beijo


Pipa.

9 comentários:

Winny Trindade disse...

Todo mundo precisa se afastar de vez em quando. Bonito é quando mesmo longe a gente sendo o perto!

Abraço

Ana disse...

Será que o girassol já tá grandinho?

E se a pipa precisar, to indo com ela pra esse movimento dos Sem-céu.
Nem ligo de morar num barraco bem na superfície da lua se ela for voltar a voar bem no alto se esquivando dos cometas.

Ah, não fica aguando muito esse girassol, ele nao gosta de muita água pipa.

beijos.

Pollycléssio Mota Sá disse...

Olha, cuidado, pq se vc se propõe a cuidar de horta, tem que lembrar de tirar as pedras e ferir o chão pra terra ficar bem fofa e pronta pro plantio, se não passar por isso a planta pode não fincar raízes firmes... É até evangélico, se a semente não morre não pode viver... Dê tempo ao tempo, a chuva é a melhor aguadora, e vem naturalmente... bj Filopatia...

"Miмα disse...

Será que São Jorge aprendeu??
Tenho certeza de que a Pipa é uma professora paciente. Mas ele tem ar de aluno chato!
Ai ai ai..

Encontra teu céu Pipa. Se você pode olhar pro céu, então você sabe que tudo está bem. Anne Frank disse isso. E eu concordo com ela.


Beeeeeeeeeeiiiiijo.

Leni disse...

lindo texto! Eu também sempre me retiropra algum lugar bem afastado, pra dar um tempopra cabeça, faz bem danado pra mim.
Cuida de hortinha, há de dar bons frrutos :D
beijos

Ellen Azevedo disse...

Amei o post, e o blog também.. Parece que você vive em outro planeta ;x
Tanta criatividade junto com a pureza de uma criança só poderia mesmo se transformar em sucesso!

Milhares de beijos coloridos pra você Pipa ;)

Alvaro Vianna disse...

Quanta delicadeza nesse lirismo pueril.

Muito terno esse seu espaço.

Um abraço.

renata carneiro disse...

cultivar é preciso. cuidar, pipa, cuidar.


um beijo!

Ziris * disse...

Mas é assim mesmo Pipa. Tem dias que a gente se muda de mala e cuia.
Quanto mais alto, mais aconchegante é a estada. Para nós e para quem nos espera, olhando para o alto o tempo todo! Saudade aboletada dentro do peito. Esperando ser buscada... Por isso a gente pode despencar de repente, num mergulho desatado. Porque quem sabe voar, não cai, pousa! Forte, altivo em canduras e amores...

Te espero no ar. Ainda não sei se subo com minhas trouxas ou se aprendo a andar... Ainda estou acertando meu tom!

Vai lá, te espero!

Me esperas.

Ziris