Header

Header

5.16.2010

A Foice






"Quando as estrelas começarem a cair,

Me diz, me diz, pra onde é que a gente vai fugir?"



(Angra dos Reis, Legião Urbana)




Meus amigos e eu estávamos pensando em brincar de guerra nas estrelas e eu estive perguntando ao Monstro de Chocolate se ele não queria vir junto. Quis não. Monstro encardido. Antigamente o Monstro de Chocolate gostava de brincar com a Pipa. Amarelinha. Pega ladrão. Pique-esconde. Mas até pra brincar, ele era egoísta. Dizia que não ia deixar a Pipa ganhar na amarelinha, por causa das pernas compridas. E no pega ladrão, disse que a Pipa não teria chances pois, já tinha roubado o coração dela. Depois disse que era pra Pipa não ficar brava e deixar o sorvete e algodão doce pra ele, porque precisava manter a forma oval que ele tinha. Mas no pique-esconde, o Monstro de Chocolate declarou que perderia sempre, porque disse que estaria sempre perto da Pipa e não se afastaria dela nem por brincadeira. Ele dizia que enquanto estivesse por perto, era pra Pipa segurar nele, porque ele era tronco que tinha raiz. Ele dizia que as raízes dele iam manter  os dois conectados. Assim, a Pipa ia poder ficar no céu, sem se soltar dele, porque ele ia ficar aqui na terra estabilizando o seu vôo. Que nem o menino que solta pipa em tardes de setembro, que a mantém viva, colorida no imenso céu, mas sempre ao alcance de suas mãos. Então a Pipa acreditou. Uma noite, teve uma avalanche no céu. E soterrou todas as estrelas. O monstro de Chocolate ficou com tanto medo, que fugiu. Mas fugiu levando a linha da Pipa. Ela se perdeu no bafo do vento e nunca mais achou o caminho de volta. Alguns cometas disseram que a viram em Marte. Outros, disseram que ela foi finalmente abduzida por um disco voador, e que agora vive no mundo-da-lua. Acreditem ou não, ao arrebentar aquela linha, o Monstro de Chocolate levou com ele tudo que era da Pipa. Menos os sonhos.




Um beijo.


Pipa.

19 comentários:

Winny Trindade disse...

Sei o quanto é difícil e dolorido quando as linhas são partidas. Penso que às vezes é coisa necessária e que demora certo tempo para se acostumar. Mas a gente consegue, a gente tem que conseguir voltar. Tenho fé na Pipa, em mim e em qualquer pessoa, sei que a gente consegue voltar no final.

Abraço meu

Lia Araújo disse...

Que textos delicioso e triste! Oh Pipa, ele levou teu coração, né? Vc ficou com os sonhos, isso vale muito, talvez não tenha sido culpa do monstro de chocolate, talvez ninguém tenha culpa, talvez , as estrelas essas sim tenha culpa, por não zelarem tão bem por nós. Oh querida, talvez ele não quisesse ir embora. Ai, ai, ai, querida!
fica bem, boa semana pra ti. E continua sonhando!

bjos

Priscila Mondschein disse...

Ainda bem que ele deixou os sonhos, sem sonhos não somos nada!
Lindo texto!
Beijão!

"Miмα disse...

Ain Pipa..
Que monstro!!

Mesmo deixando os sonhos, ele não tinha o direito de levar a Pipa, de fazê-la acreditar.

O monstro foi leviano.
Ainda assim sinto que Pipa sente saudade do tempo em que se segurava no monstro de chocolate.


Te beijo.

Leo disse...

Os sonhos não podem ser roubados jamais. Que lindo isso Pipa.

Olha só, te indiquei no meu blogue um selo, mas, deixo claro que não é orbigada a fazer nada, pode ser que não goste, apenas receba meu carinho e saiba que te admiro.

Um Beijo grandão pra ti!

Serena-Cris disse...

.

'Ô, Seu Moço, dos meus sonhos eu não abro mão... nunca, nunquinha ...'

Uma chuva de estrelas maduras bem em frente a nossa janela ... arregace as mangas, é tempo de colheita! Ocê me entendeu? Eu sei qe sim ...

besos

.

Be Lins disse...

Então,
você ficou com seu maior tesouro,
aquele que te permite ir e vir para qualquer lugar, de dentro pra fora, SEUS SONHOS.

Li,
as pessoas podem nos roubar tudo nessa vida, menos oquê nós somos de verdade, aquela energia única e grudada na gente, A GENTE MESMO, e acredite, isso é valioso, esse é o nosso bem maior, mesmo que estivermos nus em pêlo, perdidos em praça pública, sem um mísero tostão, ainda assim, se lembrarmos que o bem maior n nos podem roubar, o amanhã pode sim, SER UM NOVO DIA. Um dia livre.

Perdão se me estendo,
mas de certa forma, são pra mim também essas palavras.

Beijo, vôos, certezas.


*

H. Machado disse...

Ainda não consegui entrar. Faz parte do processo. Não?

Hosana Lemos disse...

...imaginação...
*-*

Leni disse...

o meu monstro tb fugiu, evando tudo de mim :S só que eu fiquei aqi, sem saber o que fazer :S
adorei sua história, adoro como consegues relatar o que se passa de uma maneira tão descontraída e divertida!!
beijos querida! Você terá tudo que é teu de volta :D embora, seus sonhos sempre stivessem contigo, muitos mais vão surgir, e mais lindos

Fran disse...

Tadinha da Pipa... Mas que bom que ela ainda tem sonhos e espero que eles sejam gigantes !

Beijos!

Noe* disse...

Adoro seus textos, já sabe. Gostei bastante. Mesmo que o monstro de chocolate tenha levado tudo que era seu, o importante é que os sonhos ele não conseguiu levar!
A essência continua aí ^^
Beijos, Pipa =*

mota disse...

Gostei de vc dizer que nao perdeu os sonhos. Isso é importante. É preciso lutar!!!
Mas na brincadeira da vida, a gente tem que aprender levar a sério... mas nem tanto. Você merece o melhor!!!
Estou na torcida por vc.

Cristiane Melo disse...

adoreiii! *___*
meu Deus,seu blog é muito fofo, da vontade de ficar fuçando tudo!
vou te seguir! :**

Ziris disse...

Foi dependurada numa ponta de estrela que eu juro que vi a moça passar. Parecia apressada, se não fosse o bafo espesso do vento e fato de eu estar rodando em volta de mim mesma, eu teria certeza que ela tava voltando na mesma hora. A alma foi ficando e ela foi voando... Já não se sabia se ia voltar pra pegar.

Ainda aqui dependurada por uma só alça, juro que vi elas se reencontrando, moça e alma.

Se a linha é forte, deixa voar...

Velhosantiago disse...

É que perdi meu Beagle, morreu sozinho, do lado do pé de bananeiras... estava doente há dias... foi medicado, td certinho. Mas sempre vem o dia, neh, e no calor das coisas, o acalanto das obrigações não me deixaram sentir. Só hj, qd me aposentei. Parei pra pensar e deu saudade. É mais uma estrelinha no céu, prefiro pensar assim...

Márcio Vandré disse...

No fim de tudo, resta ao homem o sonho mesmo.
Até o chocolate que é doce pode ficar amargo de uma hora para a outra.

Obrigado pelo engrandecimento do meu post lá no blog! Grande participação a sua!
Um beijo, Pipa!
Continue a voar pelos ares que ainda encafifam os homens!

dansesurlamerde disse...

tu é tão doce...
beijo.

ErikaH Azzevedo disse...

Que coisa , hj a pipa é mais do céu do quedo monstro de chocolate, deixa-se guiar a sabor do vento e tbdos sonhos.
Mas não são os sonhos quem nos leva para aonde queremos ir? Pedure-os na ponta de uma estrela guia, menina pipa, que é pra jamais esquecer dos caminhos.

Daqui te vejo acenando lá em cima, em noite de lua cheia.

Grande beijo

Erikah