11.02.2009

Colorida

Embrulhada em uma nuvem impelida por um tornado branco. Ela desceu a pé sobre os campos de girassóis. E não mudou de cor. E dali pra frente ela fez mágica com o que fizeram dela. E todos os sonhos desceram atrás. É que eles queriam ser apanhados vivos...
Pipa. A que sonha.

Um comentário:

Anônimo disse...

Muito bom isso gente!
Porque sonhos não morrem jamais no coração dos que tem estrelas! Eles correm atrás delas pra buscar vida!

Um beijo grande

Andrea Guimarães