Header

Header

8.31.2011


 

A menina, invisível,  pisa no ar, leva um susto e pára.

Era só o rosto do menino vendo-a: 

toda iluminada. 




Lídia Martins

2 comentários:

Monalisa Macêdo. disse...

Adorei, rs.

Roberta Mendes disse...

Coisa de espantar é sempre o ser em plena fulguração.