Header

Header

7.06.2010

Para levantar vôo, até brisa serve





 © Agócs Írisz



"E que fique muito mal explicado.

Não faço questão de ser

entendido. "


 
 
 
ele, o Mário Quintana






Mas que bonito é já saber onde não se quer estar. Passei as mãos pela cabeça e afastei os cabelos bem demoradamente. Era tarde demais para desistir de ser feliz. Continuo sem saber onde está a agulha para costurar esses maus dias e fazer deles uma colcha de esquecimento. Mas não é por isso que vou parar de acreditar. Quero forrar as lembranças mais lindas em minha cama e fazer dormir todas as dores que já senti.  Amarelo-ouro - foi assim que amanheci. Eu amei um pássaro. Queria te pedir pra ficar. Decidi te pedir pra voar. Voa. Reúne tuas forças. Voa. Transpõe os céus. Voa. Ultrapasse as nuvens. Voa. Acenda as estrelas para que eu te possa ver  brilhar. Voa. Senta no colo da lua para ela te enfeitiçar. Voa. E jogue raios de sol por onde você passar. Voa. Espanta com teu sorriso toda a tristeza que no seu caminho atravessar. Voa. Contempla a linha comprida do horizonte. Voa. Respire o ar puro que há por trás daqueles montes. Voa. Olha o sem-fim do mundo dos ombros desse gigante.Voa. Brinque com os cometas por entre os pés de vento. Pisa no ar.  E me traga de presente a Via-Láctea quando voltar.  Só não derrube as amorinhas fendilhadas brilhando em verde azul,  ou a amoreira vai outra vez se abalar. Esperava em silêncio, mas o coração fazia muito barulho. Era rosa. Tinha medo de despetalar.



Pipa. A que ama.


42 comentários:

Isadora disse...

Pipa, eu adoro esse seu espaço. O tom é sempre lúdico mas cheio de verdades muiats vezes duras, outras alegres.
Parabéns!
Um beijo

Ziris disse...

É que bons ventos a minuano vem soprar serenidades...

É um bater de asas essa vida, mas um pássaro nunca esquece onde contruiu seu ninho.

Lindo texto, estás iluminada feito rabo de cometa hoje!

Te rezo. E torço!

Annanda Galvão disse...

Lindo, Pipa!
Lindo!

Se o vento trouxer de volta...

Beijo!

leonel disse...

Adoro essa frase do Quintana! Tem tudo a ver comigo!

Abraço do leonel.

Reflexo d Alma disse...

Ei
Que delícia seu espaço.
Hoje vim conhecer
e ja estou adorando.
Os desenhos são seus?
Passa la no meu canto,
vou amar.
Bjins entre soznhos e delírios

Flávia Diniz. disse...

Que lindo o que vc me escreveu...
e essa frase do Quintana é lindaaaa.

Beijoos

dansesurlamerde disse...

ontem, na minha cidade natal, foi dia de vento norte (oh, o vento norte, enlouquece com sua força e calor o mais calmo dos mortais). minha mãe pegou uns balões e minha pequena irmã sua (também pequena) sombrinha. saíram as duas a correr pelas descidas da cidade entre morros, tentando voar. estava quente, mas antes de sair a minha maninha (com toda a sua sabedoria de criança de 6 anos) colocou um casaco, e justificou:
- é que lá no alto é mais frio.

beijo.

marjoriebier disse...

Porque as coisas boas despetalam, amorinha... todas as coisas cintilantes do coração.

Beijo. Um pulo. Fechei os olhos para o voo...

Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ NARA CABRAL Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

ola pipa ,sempre muito amavel
gostei do texto
as vezes e necessario deixar voar ,dependendo da situaçao ,nao entendemos no momento , mas com passar do tempo entenderemos
beijinho minha querida !!

Serena-Cris disse...

.

Uma colcha d esquecimento, bordada com as linhas do tempo. É disso que precisamos, pra nos cobrir dos pés à cabeça.

Felizes os que esquecem, Pipa, ou melhor, aqueles que lembram da melhor maneira possível! As partes boas a gente leva no bolso, o resto ... ahhh o resto é resto!


te beijo na testa!


=)

Cantinho da Bia disse...

Querida Pipa obrigada pelas palavras carinhosas.
O Cantinho dos Sonhos é o blog da minha pequena. O meu é Tantos Caminhos.
Mas ela adorou ver um comentário no blog dela.
Um beijinho

D i c a disse...

Adorei esse lugar..Pelas palavras, principalmente. Acolhe e parece de todos nós, mesmo que seja só seu.

Priscila Rôde disse...

Voei, Pipa.


Um encanto!

Janete Andrade disse...

:))
acho que vou me agarrar as asas desse passarinho e seguir viagem com ele, deixar td pra trás, voar por aí...

;*

Leo disse...

Pipa, te vejo sorrindo daqui!
que os ventos soprem a favor
e traga de volta.

Os pássaros sabem que
As pétalas também sabem voar.


Venha, te encontro no mar, vem...
estou ali a direita do arco-íris.

Um sopro de luz e quatro beijos!!!!

Márcio Vandré disse...

Pipa, com teus textos agiganta em mim o sentimento de infância e inocência.
Bom estar aqui.
Um beijo!

Thaís Duarte disse...

Delícia de texto (:
Como diria Rubem Alves "Vai-se o Pássaro. Fica a memória do seu canto."

Abraço cheio de luz!

Alvaro Vianna disse...

Minha intenção poética não se concretiza em palavras. E as suas foram bonitas e delicadas. Obrigado.

É digno incentivar e deixar voar. Raro.

Beijos

Jaya Magalhães disse...

Antes de entrar aqui, pra querer costurar minha colcha na tua, li o seguinte:

"Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar".

[Rubem Alves]

E do tanto que você falou em voos, ah, eu que pensava estar com as asas atrofiadas já quis sair preparando o céu. Mas antes precisa chover.

Obrigada hoje, por todas essas letras. Remédio para o meu dia. Saio daqui sorrindo.

Um beijo gelado.

Vozes de Minha Alma disse...

Pipa, há algo mais pueril do que as letrinhas que voam?
Olha elas aqui, todas perfiladas dizendo algo...
Um abRaÇo pOeTIsa MeniNa!
Um beijo em teu coração, até a próxima.

Juliana. disse...

"Espanta com um sorriso toda a tristeza.."

Lindooo

Um beijo
Juliana

Pollycléssio Mota Sá disse...

Ser esse pássaro...
Que poderia ficar nessa gaiola...
Mas fiat voluntas tua...
Vou voar...
Mas sempre sabendo o ninho de onde posso me aconchegar.
bj
filopatia

Celso Andrade disse...

Certa vez me entregaram um bilhete que dizia:"Se você ama alguém, deixe-o livre."

(Lya Luft)

Maria Fernanda Probst disse...

O que eu mais gosto das tuas linhas é a musicalidade delas. Sim, é uma poesia tão musical que chega a ser um crime não compô-las.

Lindo, lindo.

Beijo.

Felicidade Clandestina disse...

dona moça,

que suavidade esses versos.

obrigada por clarear minha manhã nublada.

um beijo cheio de carinho e poesia.

Paixão disse...

Que coisa mais linda é passar por um blog e ler algo como:

"Quero forrar as lembranças mais lindas em minha cama e fazer dormir todas as dores que já senti."

E o trecho:

"Só não derrube as amorinhas fendilhadas brilhando em verde azul, ou a amoreira vai outra vez se abalar."

fez um sentido todo único para mim.

Beijos Pipa!
:*

Crônicas do Cotidiano disse...

Pipa... Me vi obrigado a voar! Para longe das dores e das coisas que não entendemos! Tudo é tão leve quando você escreve... Sempre me encanto contigo!
Bjss

Diego Midlej disse...

nossa, de arrepiar.
um lindo coração, daqueles de segurar com as mãos em concha pra não derramar.

Leni disse...

Continuo sem saber onde está a agulha para costurar esses maus dias e fazer deles uma colcha de esquecimento.
Idem
amei teu poost, e que saudade qe eu estava daqui :D
beijos

J. disse...

O amor mais bonito é esse, que permite ao outro a liberdade.

E Quintana era um homem muito, muito sábio.

Beijos.

Bia Rodrigues disse...

Minha Flor,sempre que venho aqui,fico feliz ao ler seus maravilhosos textos,me inspira a forma como escreve...fico leve e pelo tempo que permaneço aqui,sinto realmente que posso voar.Beijos querida.

Por que você faz poema? disse...

Para mim qualquer brisa
é vendaval,
qualquer sopro é furacão,
qualquer beijo é tsunami.

Ceres disse...

Livrar o passarinho; deixar ir; desapegar...é o que se tem que fazer, mas é tão difícil...


a nave do meu amigo não funciona mais; tá parada há muito tempo, modelo antigo... Ele disse que eu posso pegar, que, se eu consertar, é minha (;

e eu te levo, é claro. Você me apresentou o Carpinejar, te devo uma. Ela precisa de uns ajustes e eu tenho que aprender a pilotar, mas aguarda.

ps.: bonito o amanhecer do seu pé de sol (:

Grafite disse...

"Esperava em silêncio, mas o coração fazia muito barulho. "

intenso e lindo!!!

beiijo,
*.*

Pérola Anjos disse...

Obrigada pelo lindo comentáro que você deixou em meu blog. Têm palavras que iluminam!

E têm palavras que nos fazem levitar como colibris, como estas que acabei de ler!

Te sigo e deixo um beijo!

Pérola Anjos disse...

comentário*

Nane Martins disse...

Me deliciando aqui!

Delicie-se no meu também:
http://muquifodeluxo.blogspot.com/

Pâmela Grassi disse...

Pipa,

Dos olhos degustarem com proveito teu escrito.

"Continuo sem saber onde está a agulha para costurar esses maus dias e fazer deles uma colcha de esquecimento." Que tecido-imagem bonito! Gosto de escritos que pedem licença poética à metáfora da agulha e suas linhas!

Fico por aqui, seguindo o blog
Fica o convite para outros alinhavos de visita no meu blog,

Ellen Azevedo disse...

Encantador, como sempre.
Te visitar me traz uma calma!

Beijos coloridos (:

renata carneiro disse...

amor tem dessas coisas, né?
faz andar no ar e saber onde não se quer estar.

beijocas!

ErikaH Azzevedo disse...

E só quem ama deixa o outro voar, ser livre pra ir ...pra voltar. Mas é tão dificil, tão dificil , as vezes o sentimento aprisiona tanto.

Me lembrei de uma do QUintana com o teu post..onde ele dizia assim.

"Somos donos de nossos atos,
mas não donos de nossos sentimentos;
Somos culpados pelo que fazemos,
mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer atos,
mas não podemos prometer sentimentos...
Atos sao pássaros engailoados,
sentimentos são passaros em vôo."

Um beijo linda

Erika

Mulher Vã disse...

Rá!

Esse passarinho da ilustração é o do Twitter , só que uns quilinhos a mais, né?? >=P

Beijo