7.19.2010

Atravessando desertos






© Agócs Írisz




Lento. Não apertava mais o passo. Os pés avançavam cambaleantes, como se agora precisassem parar. Naquela manhã, o chão se debulhou entre os tufos de grama num tênue tecido esverdeado. Talvez ela tivesse parado ali apenas para esvaziar-se de um amor que não tinha mais forças para carregar. Ela já havia amado o bastante para confundí-lo com a sua própria vida e por esta razão havia se perdido. Precisava se encontrar. Queria se libertar dos seus delírios e daquele silêncio torturante, que já não faziam mais sentido. Não havia o que esperar. Arrancava da alma as raízes amargas de um beijo que a boca não pedia mais. Entregava para a terra um cheiro, um gosto e um rosto que se decompunham devagar. Tinha neblina nos olhos. Pareceu-me que estava chorando. Mas preferi não constatar.





PS.: Queridos leitores: A linha da Pipa arrebentou. Resolvi fazer uma excursão pro infinito. Sabe como é aqueles dias em que você precisa se afastar pra se entregar de corpo e alma a objetivos mais altos. Estou doente dos olhos. Não tem desenhos nas nuvens e o sol está esquentando muito. Não é preciso que se preocupem eu estou bem. Não me fizeram nada. Aqui no céu está escurecendo rápido e os planetas estão tristes. Os cometas nem se falam, estão tristíssimos. Só sobrou essa tapera de estrelas. Mas estão todas de cara fechada.  E, a lua se caísse, se espatifaria no terreiro.




Volto assim que a tristeza sarar.
 
Um beijo
 
Pipa.

30 comentários:

Pérola Anjos disse...

Menina Pipa, este texto é tão carregado de vazios e, ao mesmo tempo, tem uma beleza e uma suavidade, como tudo o que você escreve. Me lembrou um trecho de um livro que amo: "O que torna belo o deserto, é que ele esconde um poço nalgum lugar" [O Pequeno Príncipe - Saint-Exupéry]

Que encontre o poço então! [seja quem for]

Beijo doce!

serpai disse...

Pues que te mejores muy pronto...

acá te esperaremos...

Saludos,

Sergio.

Winny Trindade disse...

Doce Pipa,
Sinto tanto por você estar assim... E, sinceramente, sinto mais ainda por saber exatamente o que você sente. Já faz algum tempo que tento me achar. Já faz tempo que estou perdida no espaço, por entre planetas tristonhos e estrelas que estão se apagando.

Quando você sarar, por favor, me explica como você conseguiu.

Até breve, querida Pipa.

Com carinho.

Winny ( alguns me chamam de Kiwi, não sei bem porque.)

Willyan Luemi disse...

Em nossas retinas, há delirios, que colirios não tiram.

Mas antes que nos desatinem,
é necessario abster-se de se ver no reflexo do mundo, para ver que esse mundo alucinatório que nos reflete, é só o mundo que imaginamos.

O mundo que é,
ainda desconhecemos.


Não sentirei saudades da pipa,
pois o afeto que tenho pela pipa,
permite que eu goste da pipa,
a pipa estando a onde a pipa estiver, a pipa aprendendo como a pipa quiser, a pipa esquecendo o do jeito que a pipa precisar.

Juliana. disse...

Ah que essa tristeza vá embora com as rajadas de vento, e traga o teu sorriso de pipa, que voa alto e leve com o pulsar do coração!
Um beijo da Ju

Isadora disse...

Minha amiga espero que sua tristeza passe rápido...mandarei do meu planeta boas energias para você, quem sabe ajuda a fazer com que você retorne logo.
Um beijo carinhoso

Nane Martins disse...

Pipa, querida,

Abstraia essa tristeza, não deixe que ela seja maior do que o seu universo. Não deixe que ela a comande, você que deve comandá-la. Mas, se não conseguir, tire proveito dela e escreva bastante. "Dê uma resposta ao tempo" .

bjusss amore!

Nane Martins disse...

achei essa frase e achei pertinente pra colocar aqui pra você.

"E bebi e fumei e conversei e amei mais e mais ainda."

(Caio Fernando Abreu)

bjus s

Ceres disse...

"E outra vez vou me esquecer, pois nessas horas pega mal sofrer"

Mas cada um cura suas tristezas à sua maneira.

Beijos curativos (:

Leo disse...

Pelo deserto rumo a terra prometida.

Te beijo
Te saro

Priscila Rôde disse...

"Ela já havia amado o bastante para confundí-lo com a sua própria vida..."

(Suspiros)


Que a sua tristeza sare logo, logo!
Volte voando!

Ju Fuzetto disse...

"Arrancava da alma as raízes amargas de um beijo que a boca não pedia mais."

dói isso viu!!!

Linda que tua tristeza sare bem rápido viu!!

Beijos se cuida

Sabiana disse...

Pipa, se preciso for, te empresto minhas asas... não são muito fortes, não voam muito alto... mas se precisar, te empresto!

Que a pausa da tristeza seja breve.
Sentirei saudades.

Bjus

marjoriebier disse...

Vim correndo, num pulo, só pra te dizer saudade e desejar feliz dia do Amigo!

Meu beijo.

Maria Fernanda Probst disse...

Havia muito tempo que não sentia tanta dor ao ler palavras distantes. As frases são lindas e tristez, a leveza não falha e, entretanto, tem um gostinho de sal, daquela chuva que escorre no rosto.

Presenteio-te com um pedacinho mínimo de uma música: Tristeza, por favor, vá embora.

Aguardo o remendo da linha pipa ou uma pipa remendada ou, talvez, quem sabe? uma pipa totalmente nova e mais co-lo-ri-da.

Beijo doce e um te espero.

Maria Fernanda Probst disse...

tristes, não tristez. (que insensatez a minha).

Maria Fernanda Probst disse...

tristes, não tristez. (que insensatez a minha).

Denise disse...

è preciso chuva para voltar a florir
as vezes a unica chuva que faz florir é aquela aguada de nós.

e para isso precisa tempo...

afagos meus

Pollycléssio Mota Sá disse...

Quando o sol bater na janela do teu quarto... lembre-se que ainda há luz. Vou respeitar teu silêncio. "Tudo é dor, e toda dor, vem do desejo, de não sentirmos dor..." Sinta sua dor, com intensidade, viva!!!
Bj do Filopatia
OBS: vc me entende qdo digo pra sentir tua dor, isso faz parte de mim. de vc tbm.

disse...

E que ela sare logo...
Bjo

Janete Andrade disse...

qdo a gente tá carregando algo e começa a sentir q está pesado é pq chegou a hora de se desfazer desse peso, abandonar, deixar pra trás [...] depois a gente fica novinha em folha...

bjo ;*

Alvaro Vianna disse...

Tem vários textos daqui que ainda não li e outros tantos pra reler enquanto você não se depara com uma supernova ou quem sabe um berçário de estrelas.

Acenos terrestres e já saudosos.

Mima disse...

Ain linda Pipa.
O céu escureceu, mas não se preocupe faltam poucas horas para o sol brilhar novamente!!

Todo temos esses dias.
Costure os pedaços rasgados nessa Pipa bonita e voe bem alto quando o sol voltar!

Beijo, beijo

Jaya Magalhães disse...

Eu, caso procurasse, neblinaria igual. É o que tenho feito. (:

Outra vez te espero. E sempre.

Sara logo.

Beijos demais, nocê.

Noe* disse...

Vai sarar rápido. Sempre sara, não é isso que dizem?
Ou é a gente que esquece da dor?
Será que ela fica lá pro resto da vida?
E quando a gente morre é como se explodisse? Pq não aguenta mais?
VAI SARAR
Um beijo =*

Chico disse...

Que a tristeza seja passageiro!


E volte a soltar pipas, e que não deixe ela se arrebentar.


:D

Ziris disse...

Já vim aqui mais de 10 vezes e qtas vezes li, perdi a conta. Senti nosso eco em uníssono e vez em quando isso inda me assusta.

É tudo tão fim né Pipa? Td tão quieto...

Porque quando o amor é tanto e não há onde se possa depositar, melhor é esvaziar-se talvez do imenso e fluído vício de tentar...

Inda te espero de volta. E sei que quando isso acontecer te acompanharei num samba alegre.

Um bj grande

Anônimo disse...

vc vai encontrar um principe d verdade...um principe de carne e osso...chega de principes de chocolate etc...

Anônimo disse...

Não permita que coisas sujas do passado poluam o seu presente.
Depois de lacrar um saco de lixo você o reabre para rever o que há lá dentro? Geralmente só remexemos o lixo se algo de valioso tiver sido perdido. Isso, porque lidamos com a hipótese de o termos lançado fora sem querer. Se não é esse o caso, o que tiver ido para o lixo nós não mais veremos e sequer lembraremos de tudo que está ensacado e pronto para sair de nossa casa. Se esse saco ficar conosco ainda por alguns dias, e nós o reabrirmos por qualquer motivo, o cheiro estará insuportável, micróbios existirão aos montes e nossa saúde poderá estar sendo severamente ameaçada.
O mesmo acontece quando guardamos e remexemos tudo o que de ruim já passou por nossa vida. Sempre que deixamos que nossa m ente se perca em más lembranças, nós estamos reabrindo um "saco de lixo". É bem provável que esteja aí a causa de muitas doenças físicas e mentais.
Volte um pouquinho seus pensamentos para aqueles que já lhe fizeram algum mal e veja como você se sente. vc é muito especial!!!

Crônicas do Cotidiano disse...

A tristeza também voa pra longe...
Beijoo na tua alma Pipa.
= }