Header

Header

10.07.2011






Alma escondida na floresta. Derrubando árvores, levantando ocas,
demarcando terras e fabricando armas
para sair a caça de poemas.
Capturo versos com
 arco e flecha.

Lídia Martins

Um comentário:

Alê disse...

Que delicado!