5.10.11



Agora a magia estava perdida.
 Reviro a gaveta da memória.
Pode ser que alguma
 ainda sobreviva.


Lídia Martins

Nenhum comentário: