9.19.2011



 
A gente podia se ver no mar






Não estaremos sós. Não somos ilhas. Somos continentes.

Suavidade e segurança à deriva

neste oceano de tinta.


Lídia Martins

5 comentários:

Universo Paralelo disse...

Linda imagem e que delícia esse mar, em que nos move para o paraíso da nossa imaginação, lindo, beijos e bom dia!

Guilherme disse...

Nenhum homem é uma ilha em si mesmo. Somos continente, conteúdo, contatos, laços, por debaixo dos panos, por entre as linhas e entrelinhas, acima e abaixo do oceano nosso de cada dia.

renata carneiro disse...

tão frágeis... só nos resta pintar a vida!

te beijo!

Srtª Vihh disse...

que lindo!

Nei Duclós disse...

Blog povoado pelo amor