9.16.2011




Cante pra eu dormir...
Eu estou cansada e eu
Eu quero ir pra
cama.





Dezesseis. Madrugada. Setembro. Sexta.



Data em que morre a minha crença na humanidade,

para nascer, quem sabe, espero que sim,

a crença que ela terá

em mim.




Pipa. Agora eu era...Era. E não é possível que não fosse.

2 comentários:

Anônimo disse...

Taí -
uma boa idéia:
compor uma Canção De Ninar;
não q possamos dizê-la "nova" -
não q possamos dizê-la "enxuta."
Não q possamos nos desfazer do "Boi Da Cara Preta"...
À Luta.

gatodamn /da birutapontocom /
Hihihi / Hahaha.

Anônimo disse...

Acho q perdi aqui uma ótima oportunidade de ficar calado:
O Gótico é Legal -
mas a Morbidez acaba por vêzes trolando tudo -
'inda mais q acabei comprando a idéia de q sempre "quero parecer engraçado"...
Mórbido-Anti-Mórbido
a tomar conta do Mundo
(Ainda bem q eu sou Sortudo)

Será Experiência?
Será Fundamental?
Se não, das duas, uma:
Aí - q esta Vida - é mesmo -
é um pé-no-saco /
nunca estou bem -
nunca estou mal;
não creio q seja para aprender
a não comer
todo o Mingau.

Haw-haw.
Felicidades.
Minhau.