Header

Header

8.31.2010

Do que me inspira



Arte: © Agócs Írisz





Foi dele




"Uma profunda respiração...pronto o coração voltou a bater como de costume. Por que sou mal leitor: Você costumava ser a moça que ficava em seu quarto escrevendo grãos de areia, enquanto de longe, eu observava calmo. Mas agora! a distancia entre meus olhos e os seus olhos, é a mesma distancia entre um lado e outro de uma ampulheta. Assustadoramente transcedente ao que é ou não real! Mais estranho do que a ficção. Pois descobri que existe uma casinha que nos abriga em algum universo paralelo a beira mar - onde cabem o último desejo de boa noite, e o primeiro bom dia- gestos de um afeto intangível."



"P.S. Pipa, Não há barulho apesar de tudo, o que se ouve é só o sentimento atravessando o mundo. "



Isso foi feito pra mim gente! Eu ia dizer alguma coisa, mas as palavras se esconderam de mim...rs


P.S.: Eu tenho os melhores comentaristas da blogsfera.


O caminho do Ser:

Um beijo de luz poeta,  por você ter iluminado minha vida.



Pipa.

5 comentários:

Sabiana M. disse...

O 'ser' é encantador!
A blogosfera só me dá alegrias tbém.

Bjus primaveris!

Winny Trindade disse...

Tão belo.
É que na vida, de vez em quando, a gente esbarra com pessoas doces, as quais fazem valer a pena cada minuto doado.

Abraço meu.

Annanda Galvão disse...

Pipa,
Que coisa linda!
Adoro essas casinhas que guardam a gente e essas pedrinhas preciosas do nosso caminhos...
Definiu muita coisa e coloriu minha noite!
Obrigada você também por isso!
E te mando um abraço entre essas letrinhas=)
muitos beijos!

WILSON disse...

Com tanta gente admirada aparecendo, me espanta saber que prefere ficar onde está.



Que que Chocolate tem que ninguem mais tem?

Tou começando a desconfiar

Aline disse...

Ahh Pipa!

os comentários do Willyam também me deixam emocionada... cada coisa linda que ele nos escreve, né?