6.22.2010

De papo pra Pipa









Penso que deveria existir uma espécie de asilo para sonhos.

Para que eles tivessem onde se abrigar

quando ficassem velhos

e ninguém mais

os quisesse.






Pipa.






"Hoje me sento aqui pra te ver. Venho conversar um pouco, dia corrido, sabe? Uma paradinha prum café me faz bem. Descansa as pernas sua cadeira de pau, me descarrega a mente sua conversa livre de assunto e me sussega a barriga o pão sempre quentinho da esquina. Pipa, você diz que ama e eu digo não saber o que fazer da vida. Queria me aplicar, mesmo agora, em algo que me fizesse novo, que me fizesse alegria e que me fizesse simples, sendo quem quer que fosse ou seria. Entenda que do alto já nem sei se isso faz alguma diferença.  Aqui contigo sempre chove na hora certa, é estranho. Essa conversa solta me transforma, muda o que eu trouxe dentro dos olhos. Aqui eu me torno o que eu anseio, sem mesmo saber o que é. Aqui pego meus lápis de luz e pinto um quadro bonito, todo narrativo. E nêle eu me entro dentro, sem mesmo pôr meu ponto de vista do lado de fora pra quem me visitar poder ver também. Estranho... aqui sinto companhia, mas feito minha pintura de luz me sinto sozinho novamente. Hora de ir. Caminho longo e ando devagar, sabe?"

 


Este texto foi do Velho Santiago para a Pipa
Ele está aqui oh:
http://velhosantiago.blogspot.com/
Seus vôos metafóricos engarrafam aviões.


P.S.: Toquem nele com cuidado. Seu coração é muito frágil.



Pipa.

16 comentários:

Belle disse...

Pipa, eu vou lá sim, minha fulô! Deve ser de marejar os olhos... Bjoca

Winny Trindade disse...

Oun, foi tão lindo isso.

Pipa, mesmo o seu coração sendo frágil, vejo muita força em você.

Abraço meu.

Cristiane Melo disse...

pipa se encontrar o asilo de sonhos me manda o end. preciso colocar alguns lá, infelizmente eles não tem me feito muito bem! :/

ps: Velho Santiago querido manera no café, toma um sorvete de chocolate com calda de kiwi! ;)

Ziris disse...

Nóis bem que sabe a quantidade que dói né Pipa?

Já disse a você que queria morar por aí, digo de novo, Velho podia ir também, pra gente bater papo na beira do rio e confabular planos para salvação de todos os corações intranquilos...

A gente podia começar em realizar os sonhos... É, podia...


Abraços os dois, bem forte!

Be Lins disse...

Algum lugar deve existir
um lugar onde sonhos são mais que sonhos, e pessoas são mais que pessoas, são matéria prima e rara de sonhos e mais sonhos.

[para rir: acabou o sonho mais acabou de sair do forno chineque fresquinho]

*

Isadora disse...

Pipa achei lindíssimo um asilo para os sonhos! Imagine quantas coisas bonitas teríamos nesse lugar.
Um beijo

Cris . disse...

Nossa que texto Rico,
adorei mesmo, adorei teu blog.
jah tens mais uma seguidora :)
nem precisa convidaar, volto sempre mesmo :]

me visita tbm.
ah adorei a ideia do asilo, seria otiimo.

xerins da Cris #]

Lia Araújo disse...

Pipa querida
Coloquei seu texto da declaração dos direitos dos sonhadores no meu blog!
com nome e link ( claro)
Se tiver algum problema me avisa ´tá?

bjinhos

sunshine disse...

Pipa querida, eu acredito que os sonhos deveriam ir a um orfanato quando ninguém mais o quisessem.
Assim, aquelas almas, que precisam simplesmente deles pra viver, poderiam adotá-los.
E isso teria de ser um ciclo, e assim, todos os sonhos seriam eternos.

um beijo de açucar e com afeto;

Paz

« Katyuscia Carvalho » disse...

Dos espaços mais encantadores pelos cais já me descalcei.

Um beijo.
.
.
.
Katyuscia

ErikaH Azzevedo disse...

Lí minha amiga querida...quem mandou o velho aqui vim falar tb de mim hein...hehehe...o danado deve ser mago né, desses assim com bola de cristal tridimensional..só assim pra me descobrir.
Né não minha nega, é que tu desenvolves facilmente esse sentir bom na gente.

E eu tb vou como ele devagar... pq "Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei"

É tu que muitas vezes me ajuda a saber, esse teu olhar d ebeleza pro mundo menina, é ele que me faz enxergar melhor tb sabias.

Meu beijo a ti recheadinho de carinho e admiração.

Mandei rpa ti no kut, em depo, um presentinho, depois olha lá tá.

Erikah

Leo disse...

Algum lugar deve haver, eu preciso achá-lo, preciso levar todos lá. Antes, tenho que ir e voltar e dizer e mostrar.

Beijos, minha querida Pipa.

Sylvia Araujo disse...

Toda vez que venho aqui, saio sorrindo de canto de boca. Coisa bonita de sentir, sabe? E eu sinto tanto...


Beijoca enorme

Paixão disse...

"A gente podia se ver no ar"
E quando leio algumas coisas é como se eu visse mesmo ... essa coisa de ar muito me admira sabe? É parte do que escrevo tbm, faz parte da minha essência ser um tanto aérea :)

Ler um texto desses é flutuar um cadim ...

Beijos.

Pollycléssio Mota Sá disse...

Confesso que fiquei enciumado...
MAs fico feliz por saber que não sou o único que tem o prazer da companhia celestial de Pipa.
Espero poder resolver meus problemas com o vento pra poder voar junto.
bj polícleto.

leonel disse...

Asilo ainda não existe. Mas, existe o exílio, onde além de esquecidos, alguns se tornam imortais.