12.01.2009

É muito verde

Os dias de chuva se espatifam no chão. Há flores no campo. Ela se junta aos carneirinhos. De longe, raia com uma formiga que carrega seus torrões de açúcar. Ela sorri. Do alto de seus poucos anos. Boceja na primeira página de um livro difícil. Ela só quer brincar. É que ela desceu daquela escada que não a levava a lugar algum. Desculpe a poeira, mas ela passeia pelas horas a bordo de uma carruagem. E constrói sua casa de açúcar. Tudo é tão doce. Começam a chegar as primeiras borboletas. Elas são lindas e se escondem entre as folhagens. Dentro dela, é noite fresca de verão. O ar se enche com um cheiro de ervas aromáticas. Depois do almoço, o pai faz a cesta e a mãe senta-se à sombra para tricotar. Ela quer uma nova história. Dessas de chantilly no nariz. E castelos de areia em que as águas do mar sopram faíscas multicoloridas, que saltam como água da fonte. A tristeza parte com toda velocidade ladeira abaixo, como um balão furado, perdendo cada vez mais altura. A menina sonhadora tem perninhas mágicas. É que ela não resiste ao vento. E corre no mato sobre as colinas. Do lado de fora cultiva uma horta de morangos. E pinta seu nome na placa de um carro antigo com pneus desmontados: Pipa- Pequena agricultora.
Pipa.

7 comentários:

Anônimo disse...

Espetacular!
Bjo


Diego

Anônimo disse...

Que delícia..uma nova história com chantily no nariz." Adoroooo.... mas o estranho é que quero uma nova história com a mesma pessoa. A companhia que escolhi, quero que continue a mesma, só a história que quero nova, doce, divertida, verdeira, inteira... Mas só tenho meia companhia....cansei de metades...quero o inteiro! E espero....espero....espero.....

renata disse...

quando a gente planta suspiros, a colheita sempre doce.

que seja doce, minha querida!

um beijo.

Anônimo disse...

Meu Deus, você me surpreende a cada hora que passa. Estou viciado nisso aqui.


Bjo.

Alexsandro

Anônimo disse...

Magnífico!

Uma beijoca

Juh Albuquerque

Anônimo disse...

Linda como ninguém só vai na boa, só se dá bem!
Totalmente demais!!!!!!!!!!!!!

Um beijo nesse cangote minha preta.

Leo

Anônimo disse...

Lindo! Lindo! Lindo!


Um abraço da Mari