Header

Header

10.29.2009

Levíssima

Era macio o que vinha dela. Abri o envelope. Um código infanto-juvenil coberto de bilhetes escritos à mão. Todos mandados pelo vento. E carregados de magia. Desatei o maço de girassóis. Transbordavam sonhos. Toma. Guarda. É todointeiro seu. Abri com carinho. Foi incrível. O código começou a chover lantejoulas.
Pipa-Cris

2 comentários:

Cris disse...

toma: prova do mel

depois, faz estrelas com as pontas dos dedos - pra iluminar os olhos e os corações dos que sonham!

te abraço forte!

Cris, a que ama!

.

Anônimo disse...

Tudo é tão lindo e doce.
A magia está no ar...
sonhar faz bem e acalma os sentimentos...

Muitas chuvas de lantejoulas pra você Pipa.

beijos
Naira Gabriele.